Conheça o Mindfulness

Por Luanda Farala Martins Muniz em 12 de abril de 2018

 

Mindfulness é um método de treinamento mental que trabalha o direcionamento do foco atencional. O treinamento em Mindfulness contempla um estado mental de abertura e aceitação, no qual a atenção é direcionada ao momento presente, de forma intencional, com uma atitude curiosa e não julgadora. Ser Mindfulness é deixar-se permear pelo que acontece a sua volta, sem reagir de forma automática e precipitada.

Todos nós nascemos com essa capacidade, mas infelizmente por algum motivo não a exploramos. Mindfulness, portanto, é uma habilidade que pode ser treinada através de técnicas vivenciais que integram corpo e mente.

O primeiro programa de Mindfulness foi criado em 1982, pelo cientista e médico Jon Kabat-Zinn, na Escola Médica da Universidade de Massachussets. Esse programa foi denominado como MBSR (Mindfulness-Based Stress Reduction), e o seu principal objetivo era reduzir os elevados níveis de estresse detectados em pacientes portadores de dor crônica. O programa não visava diminuir a dor desses pacientes, mas proporcionava mudanças de perspectiva criando um contexto inteiramente diferente, dentro do qual os mesmos aprendiam a lidar de outra forma com as suas dores. À medida que eles aprendiam a focar sua atenção em outras coisas, sentiam que a dor diminuía, e consequentemente o nível de estresse também caia.

Apesar de ter suas raízes no Budismo, Mindfulness é uma prática laica, ou seja, é desvinculada de um contexto cultural, étnico ou religioso. Além disso, você não necessariamente precisa se sentar no chão de pernas cruzadas, ou fazer qualquer outra postura específica. Para praticar Mindfulness você não precisa comprar nenhum equipamento, como por exemplo, tapetes ou almofadas. Você apenas precisa dedicar alguns minutos do seu dia para desenvolver as competências de se estar “mindful”.

O Mindfulness não é complicado. Mesmo quando você sentir que está meditando “errado”, e que sua mente está perdendo o foco, saiba que esse é o momento ideal para perceber como ela funciona. A ideia de que meditar é deixar a mente “em branco” é um grande equívoco. Ninguém consegue “limpar a mente”. Pensar é uma atividade natural e inevitável da mente. O problema só surge quando nos identificamos com os pensamentos e passamos a enxergá-los como verdades absolutas.

Durante a prática de Mindfulness é possível perceber o quanto nossa mente é crítica e julgadora. Muito mais do que imaginamos, principalmente com nós mesmos. Assim que notar a presença dos pensamentos, tente apenas percebê-los como eventos mentais transitórios. Eles chegam, permanecem por um tempo, e depois vão embora. Quando eles chegarem, vão tentar levar embora sua atenção. Quando isso acontecer, não importa quantas vezes seja necessário, volte a sua atenção para o seu foco. Use a respiração como uma espécie de âncora para voltar ao presente.
* As informações contidas nesta publicação não substituem a avaliação de um profissional da área da saúde mental.

 


 

Sobra a autora:
Luanda Farala Martins Muniz
Luanda é formada em Psicologia pela PUCRS 2017/1 (CRP 07/27938). Trabalha com orientação psicologia online fundamentada nas abordagens da Psicologia Positiva e Cognitivo-Comportamental. Faz grupos de Mindfulness e Oficinas de criatividade.
E-mail para contato: psicofarala@gmail.com

 

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone